Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Entre ser e estar

Entre ser e estar

Tu e eu

IMG_20190105_010930.jpg

Entre mim e ti não há futuro, nem sequer presente.

Apenas passado. E aterrada reparo que também ele me foge.
Envolto no mesmo nevoeiro que enche hoje o ar.
Eu e tu.
Que fomos ao certo?
Um par?
Dois em uníssono?
Uma combinação temporária de vontades,
Que a vida descombinou.

Tu e eu.
A construção de uma ideia, de um sonho desejado.
O impossível que acontece, sem nunca chegar a ser.
Dois em um, ou um em dois?

Tu e eu.
Mas nunca nós.

Sou

Sou o tudo e sou o nada.

Em alguns dias sou apenas pela metade.

Sou o que penso, o que digo, o que calo.

O que sinto e o que não dou por sentir.

Sou a medida única de mim mesma.

Uns dias gentil, outros brusca.

Uns dias dou tudo, outros tiro.

Uns dias leoa, outros cordeiro. Por vezes serpente.

Tudo misturado num caldeirão de feiticeira, sem medidas precisas.

Ora de mão cheia, ora a conta gotas.

Sou plena de matizes. Inconstante. Por vezes incoerente.

Inteiramente mulher. Obstinadamente humana.

Única e simplesmente eu.

Apenas eu.

E mais ninguém.

 

 

Dois anos

2-anos_163.pngFaz hoje dois anos que me lancei nesta "coisa" de criar um blog.

A ideia foi a de aceitar o desafio de me expor, através da partilha de pensamentos, sentimentos historietas que normalmente manteria privadas, ou mesmo caladas.

O desafio, lançado por várias pessoas próximas, foi criando alguma agitação dentro de mim.

Foram necessários quase dois anos para ganhar coragem e finalmente criei o blog;

Ao fim de vários meses comecei a divulgar a amigos a existência do mesmo;

Depois comecei a partilhar alguns posts no facebook - desafio tremendo que ainda hoje me faz hesitar. Nem tudo lá vai parar.

O objectivo não é ter sucesso com os textos - mais não são que pequenos nadas interiores;

Foi tão simplesmente obrigar-me a sair da concha. 

O desafio ainda não está totalmente ultrapassado.

Ainda há muito que não é dito - aqui ou fora daqui. Mas a ansiedade é gradualmente menor.

A todos os que me têm seguido agradeço a companhia. 

Enquanto fizer sentido, continuarei a expor por aqui o que me faz tremer e/ou sorrir.

A quem fizer sentido continuar a acompanhar esta mini-viagem será bem-vindo.

Até breve. 

 

Pág. 2/2

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D