Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Entre ser e estar

Entre ser e estar

Alice e o coelho

"É tarde. É muito tarde"

O coelho branco na minha cabeça. 

 

"É tarde. É tarde, é muito tarde"

Qual mantra invertido, retirando-me a calma e o sossego.

 

"É tarde. É tarde, é cada vez mais tarde"

A insatisfação. A inquietação.

A dor do nada feito muito.

 

"É tarde. É tarde, continua a ser tarde"

O que é que eu fiz com o meu passado. Para onde o meu futuro.

 

"É tarde. É tarde, é sempre, sempre tarde"

O passado foi pouco e o futuro não parece mais.

 

"É tarde. É tão, tão tarde"

Em que canto da minha insconsciência te escondes tu, Alice.

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D