Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Entre ser e estar

Entre ser e estar

Carta a alguém inseguro

Tens medo, luta.

Deixa-te de desculpas, deixa-te de indecisões.

O que alcançares, será apenas aquilo porque lutares.

Mas, escolhe bem os objectivos: luta por ti e para ti. 

Só assim poderás começar a lutar com e pelos outros.

Se falhares, que seja apesar de teres dado o teu melhor.

E acredita que seria bem pior não teres tentado.

Esquece a competição com os outros - só serve para aumentar o medo,

na maioria dos casos.

O que os outros alcançam, e como, é problema deles.

Tu tens a tua própria luta para fazer.

E já te dá trabalho suficiente para te ocupar.

Por isso, deixa-te de tretas e segue em frente.

Ninguém te pode tirar aquilo que é efectivamente teu.

E o que é efectivamente nosso é muito pouco material.

Assim, vê se aquilo que te está a apoquentar é assim tão importante.

Aceita as tuas qualidades com o mesmo fervor que reconheces as tuas limitações.

E o resto virá.

Acredita em ti.

Mesmo que percas aquilo que julgas importante para ti

isso não te desfaz.

E se alguém te preterir em favor de outro, é porque não te conhece,

Ou reconhece o que está a perder.

Nesse caso, também não te merece.

E quando te patecer chorar, e achares que já chega, chora e pára.

Reune forças e retoma caminho.

Nunca te esqueças:

És único.

Confia em ti.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D