Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Entre ser e estar

Entre ser e estar

Choro

Apetece-me chorar.

Choro sentido por todas as agruras dos tempos - meus e alheios.

Deixar toda a tristeza do mundo jorrar dos meus olhos e com as lágrimas criar um novo oceano.

Deixar este peso no peito escoar-se, para poder de novo respirar.

Doi-me o corpo por dentro, em todos os pontos que os médicos crêem insensíveis.

As mãos tremem das emoções reprimidas.

Mas as lágrimas teimam em não correr.

Correm pelo lado de dentro, afogando-me em angústias que não desistem de sobreviver.

Que se fortalecem com o sal das minhas torrentes.

Que me consomem.

Me entristecem e enfraquecem.

Até ao ponto de já não sobrar nenhuma vontade.

Excepto a de chorar.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D