Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Entre ser e estar

Entre ser e estar

Descrenças

Por vezes creio que vendi a alma ao diabo, na busca por aquilo que não encontro.

Que mais poderia explicar esta insatisfação, esta tristeza, mesmo quando pareço avançar.

Dizem que de cada vez que perdemos algo encontramos algo que nos preenche.

Neste momento sinto que perdi algo que não mais vou recuperar, e o novo que me surge, e que agarro numa vontade de virar a vida, parece insuficiente.

Começo a compreender que nada voltará a ser igual, nem voltará o prazer do que se acabou.

Descreio no futuro embora o enfrente e aplique a mudança.

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D