Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Entre ser e estar

Entre ser e estar

Desvios

Por vezes vamos concentrados no nosso caminho, submersos nos nossos pensares, preocupados em chegar ao nosso destino.

De repente alguém nos chama a atenção, necessitando de uma ajuda, uma palavra.

Num instante avaliamos as hipóteses: ignoro o outro, e não me atraso, ou paro, perco tempo a olhar pelo outro e, certamente, vou perder algo dos objectivos que tinha.

Ontem escolhi parar. 

Nesse compasso em que o caminho ficou à espera, houve uma mudança na atenção. E gradualmente fui descobrindo pequenos tesouros: o brilho do rio ao sol da tarde, uma borboleta azul sobre as flores.

Por um momento, um breve e precioso momento, redescobri dentro de mim um recanto escondido da tão procurada paz. De sossego.

Tudo terminado voltei ao caminho, acelerada a tentar recuperar algo do tempo de desvio. 

Com a esperança de ter recuperado essa paz há tanto tempo ansiada.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D