Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Entre ser e estar

Entre ser e estar

Dias de uma vida

Tenho dias em que penso que não vale a pena.

Em que toda a luta, esforço, princípios parecem inglórios.

Venho de uma família repleta de gente batalhadora, fiel ao que acredita. E que curiosamente não sai da cepa torta.

Como se na defesa da liberdade, dos direitos e deveres de uma sociedade humana e digna nos esquecessemos de lutar por nós.

O esforço está lá, procuramos atingir os nossos objectivos, mas há sempre uma volta da vida (do destino?) que nos faz voltar à estaca zero, nos interrompe o que parecia, finalmente, bem encaminhado.

E aí, paramos e pensamos em todas as escolhas que fizemos, para chegar à conclusão que, provavelmente, devíamos ter ido por outro lado.

São dias, meses, de sofrimento entre a dúvida de tentar continuar o caminho em frente ou mudar, mais uma vez, o rumo. Procuramos sinais, pequenas respostas que nos dêem alento para continuar caminho.

Até ao dia em que nos convencemos que o melhor é simplesmente parar.

E aceitar que provavelmente o limbo onde estamos é o lugar onde pertencemos e onde devemos permanecer.

Mesmo que não nos agrade.

Nesse momento abandonamos a luta, com  o coração partido de quem abandona a sua essência.

Creio que esse dia está já perto.

 

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D