Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Entre ser e estar

Medos, sonhos, sentimentos e sentidos alerta. Aqui ficam as doçuras, no outro as travessuras.

Entre ser e estar

Medos, sonhos, sentimentos e sentidos alerta. Aqui ficam as doçuras, no outro as travessuras.

episódios I

Estava sentado à minha frente pela segunda vez.

Mas desta vez, os olhos claros pareciam olhar para lá de mim,

perdidos.

Achei melhor repetir apenas parte do meu discurso,

omitindo a notícia que o deixara sem chão:

Não é o fim do mundo; tudo se vai resolver

(enquanto me mordia por dentro pela fealdade do lugar comum).

Os olhos por momentos pareceram reparar de novo que estava ali.

"Eu ia mudar de vida. Como ela me pediu".

E eu que conhecia já aquele pedido, respondi em silêncio,

devolvendo o olhar aos olhos claros que se volviam vazios.

"Mas mude, por si. Ainda há muito caminho pela frente".

No assentimento mudo daquele olhos claros obscurecidos, li perfeitamente

a dúvida se fazia sentido continuar a andar.

Dentro de mim, cresceu o medo.

Medo que lesse nos meus olhos escuros, a clara dúvida que por vezes surge

se realmente vale a pena continuar.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D