Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Entre ser e estar

Entre ser e estar

Lágrimas

Empresta-me as tuas lágrimas. Preciso chorar e não consigo.

A dor instala-se na cabeça, a pressão não aliviada das lágrimas que teimam não sair.

Água e sais. A encher os meus espaços, solidificando-se nos espaços livres do meu tempo.

Canso-me. Cansa-me.

A incapacidade de mostrar o que sou e o que sinto.

Não quero o teu ombro para me aconchegar. Apenas umas lágrimas de empréstimo.

Empresta-me um pouco dessa tua segurança que te permite chorar.

Eu já não consigo reagir muito mais.

Quero só sentar-me num canto, e sentir as lágrimas correr, num pranto reparador.

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D