Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Entre ser e estar

Entre ser e estar

Loucura

IMG_20190215_000628.jpg

Pois que eu corra sem parar,

Num frenesim sem destino,

Por caminhos para mim desenhados.

E se as pontes sobre o infinito se quebrarem, que eu corra no vazio,

Até no fundo me aquietar.

Deus não existe,

Senão como esperança de quem não encontra mais nada em que crer.

Anjos!

Eu creio na loucura,

Inconsciente das certezas,

Ignorante do caminho,

Até que a morte me engula.

Pois da vida pouco mais espero.

De que outra forma poderia ser,

Quando ela insiste em me roubar o chão que piso, 

o ar que respiro,

a esperança de um novo sol?

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D