Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Entre ser e estar

Entre ser e estar

não dias

Há dias em que me apetece apenas dizer uma série de palavras indizíveis, ou então ficar em determinado silencio.

Tornar-me invisível. Muda. 

Como se isso me quebrasse a sensibilidade.

Apetece-me sair. De mim. Do mundo. Do tempo.

Deixar de ser e quem sabe de estar.

 

Há dias em que me apetece ficar imóvel.

Ficar a olhar de longe o mundo, como se não fizesse parte dele.

Como se isso me mudasse as coordenadas.

Apetece-me ser e não ser.

Deixar de sentir. De ver. De amar.

 

Há dias em que nada muda.

Mas nada me parece igual.

Como se isso alterasse algo em mim.

Não me reconheço no mundo nem no espelho.

E deixa de me apetecer tudo.

 

Há dias em que não sou nem estou.

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D