Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Entre ser e estar

Medos, sonhos, sentimentos e sentidos alerta. Aqui ficam as doçuras, no outro as travessuras.

Entre ser e estar

Medos, sonhos, sentimentos e sentidos alerta. Aqui ficam as doçuras, no outro as travessuras.

Única. Nem mais, nem menos

Tu és única. 

Nem mais, nem menos que qualquer outro.

Com todos os teus defeitos e qualidades.

Com o direito inato a errar, a falhar, até a ter as tuas irritações de estimação.

Desde que não te deixes dominar por elas.

São todas essas características que, misturadas, fazem de ti a pessoa única que és.

E é essa unicidade que te torna humana. 

Que te permite caminhar ombro a ombro, com os outros que te rodeiam.

Não à frente, nem atrás. Lado a lado, num passo desigual.

Essa tua colecção de características são fruto do teu passado; é no futuro que elas se vão projectar. Sem certezas, mas com sonhos.

Das experiências de que vais guardando memória, surgiu quem és.

A tua história, que outros podem comentar, mas só tu viveste. Só tu a poderias ter vivido.

Esse é o bem mais valioso que tens: seres tu.

Não te esqueças de te partilhar.

4 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D